Mais uma chance para recomeçar…

Olá!

Mesmo que ninguém saiba que estou atualizando o blog, sinto muito prazer em escrever, especialmente amenidades.

E hoje me deu uma vontade imensa de voltar a postar.

Quem me conhece, sabe que eu sofro de depressão, né? Tenho estado com ela controlada, mas numa fase meio “down”, sem muitas perspectivas e blogar me faz bem, apesar de algumas pessoas me criticarem por escrever somente coisas negativas. Não é bem assim, é que escrevo o que sinto MESMO.

Tenho até vergonha de voltar a fazer terapia, pois sei que preciso muito mais de ação, do que de “papo”, pelo menos nesse momento.

Bem, o que eu quero contar hoje, é que fiz uma cirurgia bariátrica há 1 ano e 10 meses. Melhor opção no meu caso, que já lutava contra a balança há mais de 10 anos, mas que vinha sempre “perdendo” nos últimos 5 anos.

Nunca pensei que eu fosse recorrer à cirurgia, afinal quando eu me empenhava de verdade, perdia muito peso, mesmo que, tempos depois, “ganhasse” o dobro.

Nos últimos anos, isso não acontecia mais. Não importava mais a dieta que eu fizesse, já não perdia tanto peso.

Com a obesidade, vieram a hipertensão severa (já era hipertensa, mas fiquei pior com a obesidade), a diabete tipo 2, lesão nos dois joelhos, hipercolesterolemia, entre outras coisas. Fora as questões de autoestima, os desconfortos que o excesso de peso trás e tudo que muita gente que me acompanha já passou.

Depois de mais uma dieta fracassada, eu decidi me consultar com um gastro cirurgião. Pensei que, se ele me dissesse que a cirurgia não era indicada prá mim, não me preocuparia mais com o peso, pois já não aguentava tanta “tortura”. Fui bem descrente mesmo, sabem? Mas fiquei surpresa quando ele me disse que eu seria uma EXCELENTE candidata à cirurgia, mesmo com o meu histórico de compulsão, pois eu precisava sanar todos os meus problemas de saúde física, e cuidar paralelamente da saúde mental. E foi o que eu fiz. No dia 23/06/2015 foi a minha primeira consulta. No dia 11/09/2015 estava sendo operada, logo após o meu pai sofrer um AVC, em 18/08/2015. Foi um período dificílimo, principalmente para a minha mãe, que teve que cuidar de mim e do meu pai ao mesmo tempo, mas eles mesmos pediram que eu não adiasse a cirurgia, pois eu realmente estava muito debilitada.

Tudo correu bem e cá estou eu, muito mais saudável e com o peso desejado. Na verdade, ainda estou em “lua-de-mel” com a cirurgia. Tenho muito medo de engordar ao passar dos 2 anos e sei que terei que fazer dieta para o resto da vida, mas que pelo menos sou saudável agora.

Se eu conseguir continuar postando, vou contando um pouco de tudo que passei nesse período.

Ah, meu pai está bem. Ficou com algumas sequelas, mas em vista do que passou, está ótimo!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s