Alguém sabe como plantar uma árvore de dinheiro???

Olá,  meu povo! Tudo bem com vocês?

Ai, gente…preciso desabafar!

Como vocês já sabem, pretendia mudar para a minha casa até junho desse ano.

Bem, nesse início de 2.014, passei de um estado de extrema euforia, para uma depressão, que estou lutando para não se apossar da minha vida…

Hoje fui em lugares que todos que constroem/reformam costumam frequentar. Era prá ser uma fase deliciosa. Desde que comecei a construir (03/2010), sonho com a escolha dos acabamentos. Estou na fase dos “detalhes do acabamento”.

Achei que ia curtir muito, mas me decepcionei. Gente, é tudo muito caro!!! Tampa do vaso sanitário, varal, tanque, luminárias, etc…e os “detalhezinhos inhos” são piores!

Conclusão: só ganhando na megasena poderei mudar esse ano (pelo menos, eu jogo). Por mais que eu aperte daqui, aperte dali, meu dinheiro (ou meu crédito) não vai dar!Estou frustrada, pois já tinha pensado em mudar sem a churrasqueira, sem os móveis dos 2 quartinhos, sem o meu closet…mas tem coisa que não dá prá deixar prá trás, né? Não dá prá improvisar muito, vocês sabem melhor que eu!

Eu estava tão confiante, tão orgulhosa. Hoje caí na real, e infelizmente, esse vai ser mais um ano em que ficarei na casa de papai e mamãe.

Como sou cheia de problemas de saúde, às vezes penso que vou morrer antes de me mudar (ai, que drama!).

Estou triste. Quatro anos construindo, e ainda não vou realizar meu grande sonho.

Cansada de ter sempre que esperar para ser feliz.

Ah, e claro que continuo engordando. Sou uma burra, além de tudo!

A autoestima, que sempre foi baixa, está pior ainda, pois não posso comprar roupas, sapatos, maquiagens, etc… por conta da construção.

Estou me sentindo carente. Queria ser notada (não muito, tá? rs). Queria conseguir me apaixonar. Queria voltar a acreditar nos homens…

O que isso tem a ver, criatura???

Tudo junto e misturado mesmo!

Acho que quando nos frustramos com algo que  mantemos como prioridade, todas as outras “frustrações” vêm à tona, né?

Sei lá, sei que sou abençoada e me sinto mal por vir aqui me lamentar, mas essa é a minha realidade hoje…

Por favor, preciso muito de orações. Me ajudem?

Continuo acompanhando todos, mas não tenho “ânimo” para comentar. Me perdoem, ok?

Espero que eu esteja enganada, e que minha próxima postagem seja diretamente da casinha (e que seja esse ano ainda…rs).

Ah, antes que me perguntem, nunca fui diagnosticada com transtorno bipolar, somente com transtorno alimentar e depressão moderada.

Esqueçam o meu desânimo. Isso não agrega valor ao meu camarote. rsrs

Muito obrigada pela torcida. Vocês são muito importantes prá mim!

Beijos e excelente semana!!!

A ociosidade de quem luta pelo seu “cantinho”

Olá, meus leitores fiéis! rs

Espero que 2.014 tenha se iniciado cheio de boas perspectivas.

Tenho me sentido TÃO ansiosa, que os medicamentos não estão fazendo mais efeito. Só não paro de tomar porque o meu psiquiatra disse que isso poderia ser muito prejudicial. De qualquer forma, já está na hora de andar com as próprias pernas.

Ai, gente…quero terminar logo a minha casa! Tudo está se encaminhando para isso, tenho feito tudo o que é necessário, mas não consigo controlar a ansiedade.

O pior de tudo é que, para variar, continuo me “confortando” com a comida. Acreditam que passei dos 70 Kg novamente? Isso faz com que eu me sinta uma fracassada…

Bem, iniciei esse post com o propósito de descrever o que uma pessoa que está construindo/reformando faz em seu tempo “ocioso”. Vamos lá:

– Quando está na internet fica lendo blogs/sites sobre construção/decoração ou pesquisando materiais que podem ser utilizados em sua obra.

– Programas preferidos na tv: “Design divino”, “Irmãos à obra”, “Reforma relâmpago”, “Cada coisa em seu lugar”, etc…

– Quando decide ler, escolhe diversas revistas sobre o assunto.

– Resolve sair para passear: se vai ao shopping, procura lojas de decoração;  se não tem lugar para ir, acaba nas lojas Telha Norte/Leroy Merlin/C&C/Di Cico e fica extasiada com tantas “novidades”. Com direito a fotos dos itens preferidos…rs

– Quando vai conversar com os amigos, pergunta sobre tudo o que foi feito em sua casa ou apartamento. E o ápice do bate-papo costuma ser o momento em que pode demonstrar seus conhecimentos na área…hahaha!

– Resolve fazer uma ligação, e procura em sua agenda alguma prioridade entre: xxx pintor, xxx encanador, xxx eletricista, xxx vidraceiro, xxx serralheiro, xxx marceneiro, entre outros.

No meu caso, tudo isso acompanhado de guloseimas, tentando “aplacar” a ansiedade.

Sei que parece exagero, mas juro que não é! Essa é a minha vida atualmente.

E até sinto prazer nisso tudo, mas já estou há 3 anos nessa “luta”, quero usufruir logo de tudo que consegui fazer.

Meu Deus esse período tem que acabar logo, senão vou ficar mais louca (e gorda) do que já sou!

A propósito, alguém pode me indicar um forno de embutir? Não tenho muita ideia de qual modelo vou comprar…rsrs

Beijos e uma excelente semana!!!

Retrospectiva 2013…rs

Olá, pessoal! Tudo bem?

De repente, me deu saudades de desabafar por aqui. O FB atrapalhou a minha vida de blogueira! rs

Bem, em termos de emagrecimento e construção, que são os assuntos principais desse blog, eu tive um ano bem produtivo.

Apesar de ter engordado uns 3 ou 4 Kg nesse fim de ano, consegui sair da obesidade. Preciso me disciplinar mais, e reforçar mais um pouco a minha autoestima, para seguir em frente rumo a um IMC normal.

Quanto à construção, estou nos “finalmente”. Os detalhes são os piores, acabam com a paciência e com o dinheiro de qualquer um! Até consegui um profissional que, acredito, vai trabalhar lá até terminar tudo. Só preciso organizar as finanças…

Foi um ano de grandes realizações, mas isso me custou afastamento dos amigos, diversão restrita ($) e muito anti-depressivo…hehe!

Tive também uns problemas graves na família. Gente bem próxima foi muito injustiçada, e isso mexeu muito comigo. Além disso, 2 pessoas queridas tiveram complicações na saúde, estão se recuperando, mas ainda sinto muito medo por elas…

Sendo sincera, eu me sinto culpada por estar tão feliz, diante dessas situações. Sei que não deveria, mas é que realmente sou muito abençoada, e não tenho certeza se mereço tanto.

Quando for mudar para a minha casa, vou ter que resolver um outro problema que me aflige, e que não tenho a menor ideia do que fazer. Falo mais sobre isso em outro post.

Em termos gerais, me sinto orgulhosa por ter batalhado tanto, e conseguido tantas coisas boas. Só gostaria que as pessoas ao meu redor tivessem a mesma “sorte”.

Ando me sentindo solitária, mas acho que é a época do ano.

Não é fácil sair da sua zona de conforto e assumir que virou “gente grande”.

Falei coisas totalmente sem sentido, né? Vocês já me conhecem, e sabem que sou assim mesmo…rs

Só passei mesmo para desejar um 2014 cheio de vitórias, e que os humanos se satisfaçam com as coisas belas da vida, que às vezes parecem minúsculas, mas quando ausentes, fazem uma diferença enorme.

Tudo de melhor para todos nós!!!

Grande beijo e fiquem com Deus!

 

Tá ruim, mas tá bom…

Olá, queridos! Tudo bem?

Ontem fiquei um tempão escrevendo um post, e acabei perdendo tudo…

Bem, falava sobre o meu peso.
Não estou conseguindo baixá-lo de forma alguma. Essa semana, resolvi restringir um pouco mais a minha alimentação, me pesei todos os dias, e nada do ponteiro da balança se mexer.
Fiquei tão frustrada, que quase “joguei a toalha”. Quinta-feira comi normalmente (sem dieta), e ontem ao me pesar, vi 600g a mais no peso!
Como o mundo dos obesos é injusto, né? Queria emagrecer com a mesma velocidade que engordo! Às vezes, chego a duvidar que isso seja matemática pura…rs
Minha autoestima está baixíssima, não sinto vontade de me arrumar, e mal olho no espelho.
Como, no fundo, sei que tudo depende somente das minhas atitudes, não adianta ficar aqui reclamando. Tenho que agir! Alguém tem alguma sugestão?

Quanto à construção, continuo tendo dificuldades com os prestadores de serviço. A obra está parada por falta de pedreiro. Estou muito decepcionada.
Me tornei obesa mesmo (não sou mais), depois que comecei a construir. O estresse é enorme! Não sei se é porque sou solteira e tenho que decidir tudo sozinha, só sei que não quero mais brincar disso. Acho que nunca vou reformar a casa, vai ficar sem pintar por anos a fio…rsrs
Bem, fui eu quem fez essa escolha errada, agora tenho que arcar com as consequências…

Semana passada, tivemos reunião da associação. Acho que sou a única pessoa que gosta disso…rs

É que acabo me sentindo tão próxima do meu sonho, é uma sensação tão boa…

Vou ficando por aqui, sem muitas novidades.

Uma ótima semana a todos!

Boa noite! Tudo bem, amigos?

Sabem que é até legal essa fase de “anonimato” do blog?  Fico mais à vontade para falar “abobrinhas”…rs

Bem, hoje farei um “pequeno” desabafo.  Se não quer ouvir lamentações, feche essa página imediatamente! rs

Acho que estou vivendo a crise dos “enta”. Tenho tanta urgência de viver, de conseguir realizar sonhos, de ser feliz, que isso está me atrapalhando.

Agora que estou na reta final da construção da minha casa, estou muito eufórica, mas passo facilmente desse estado para a melancolia. Pareço bipolar, sendo que não fico agressiva, só “doidinha”…rsrs

Eu brinco, mas a coisa é séria. Esses altos e baixos refletem diretamente no meu físico, não só na aparência horrorosa, mas também na saúde, claro!

Fico muito feliz, como muito e engordo. Fico muito triste, como muito e engordo. Me sinto tão idiota!

Sinto que não me esforço o bastante para ficar bem, e minha autoestima que já tem tendência a ser baixa, piora cada vez mais!

É triste admitir que a obesidade é outra doença crônica, ou seja, terei que tratar  pro resto da vida.

Já tenho que cuidar da hipertensão, diabetes e depressão, que também não têm cura, me frustra ter que me limitar tanto, tendo tão pouca idade (acho).

Não gosto de ficar me lamentando, afinal sou uma pessoa TÃO abençoada. Sempre consigo tudo o que eu quero, mesmo que tenha que me esforçar um pouquinho mais.

Mas às vezes cansa, sabem? Parece que não mereço ter uma vida normal (perceberam a ambiguidade das minhas palavras?).

Tenho medo de ir morar sozinha, e acabar me isolando do resto do mundo.

Ter vergonha de sair, de me divertir por conta da aparência física. Achar que não mereço realizar mais nenhum sonho. Ter vergonha de mostrar como realmente sou.

Às vezes me bate um pessimismo. Lembro de coisas ruins que me aconteceram e me questiono o que fiz de errado para essas coisas acontecerem…

Tive uma semana conturbada, acho que por isso estou com esse “aperto no peito”.

Gente, vou parar de escrever, pois já estou me sentindo uma “coitadinha”, e definitivamente, o papel de vítima não combina comigo!

Tenho consulta com o psiquiatra somente dia 02/10…vou conversar com ele sobre esses extremos.

Peço que me perdoem pela energia pesada. Quem me conhece sabe que não sou assim.

Desejo uma excelente semana a todos!!!

Beijos e obrigada por me aguentarem!

Boa tarde, meus lindos!

Será que alguém ainda me visita??? rs

Gosto tanto de postar, mas acabo não demonstrando isso. Preguiça é o meu maior pecado!

Ai, gente…sabem aquela variação de 2 Kg? Tornou-se 2 Kg a mais mesmo.

Estou em um novo projeto com um pessoal do FB, e vou tentar reverter essa situação.

O que acontece é que estou TÃO ansiosa por morar sozinha, que isso está se tornando prejudicial. Não consigo me concentrar em mais nada, e só faço planos para a minha casa. Por incrível que pareça, esses planos acabam “empacando” todos os setores da minha vida, inclusive a construção em si.

E o que eu faço? Como!

Apesar de todo o apoio psicológico e psiquiátrico que eu tenho, ainda recorro à comida nos momentos de maior ansiedade.

Sei que, precisaria tirar umas férias de TUDO, mas fico pensando no lado financeiro, e empaco mais ainda…aff, sou muito complicada!

No geral, estou bem, me desculpem pelas lamentações, nem tenho motivos prá isso. É que sou ansiosa demais! Dá um aperto no peito…rs

Mudando de assunto, o ano já está chegando ao fim, né? Temos que parar de adiar a nossa felicidade, a vida passa MUITO rápido. Vamos curtir cada momento como se fosse o último, mas não comer como se não houvesse amanhã…kkkkkkk

Beijão e ótima semana!

 

Estou viva!

Oi, gente! Tudo bem, galera?

Estou cada vez mais relaxada, né? Amo escrever “baboseiras”, mas acho que o FB acaba suprindo essa necessidade.

Bem, não tenho nenhuma grande novidade.

Estou providenciando algumas coisas para a casa, mas já vi que provavelmente não mudo esse ano. Minha meta agora é mudar até a Copa de 2.014 (na Copa de 2.010 já estava construindo).

Tô tão, tão, tão ansiosa…chego a ficar eufórica de tanta emoção! rs

Quanto ao emagrecimento, meu peso empacou. Tenho uma variação de 2 Kg, mas graças a Deus, não passei mais dos 70 Kg.

O ruim disso, é que minha autoestima acaba ficando baixa, por não conseguir evoluir. Espero que isso passe logo!

Preciso de férias, para esquecer tantas “obrigações”. Esse ano vou viajar, terminando ou não a casa. Marisaaaaaaaaaaaaaa!!! A última vez que tirei férias, se não me engano foi em 2008…

Volto assim que a preguiça deixar.

Continuo lendo os blogs de vocês…

Beijos e tudo de melhor!!!